O inbound marketing traz consigo um conceito revolucionário para negócios de qualquer tamanho: atrair o cliente, através de conteúdos relevantes, provindos de um blog, redes sociais ou até mesmo de resultados de busca do Google, deixando para trás os velhos métodos de se investir em marketing, como TV, rádio, newsletter com anúncios, etc. Com tantas mudanças no perfil do consumidor nos últimos anos, foi inevitável o crescimento do marketing com base em conteúdos, afinal, embora pareça menos emergente para a maioria, a informação tem sido tão buscada quanto o próprio dinheiro – consegue imaginar quantas pessoas estão buscando informações diversas neste instante?

É por isso que o reflexo das mudanças é de tamanho imensurável e o crescimento tende a seguir esse fluxo por muito tempo, pois, num mundo em que pessoas procuram por algo e gostam do que encontram, é impossível imaginar um desvio de curso. Se a sua empresa está migrando agora para o inbound marketing, confira nossas dicas para começar seu planejamento com pé o direito!

Defina suas estratégias iniciais

O primeiro passo será sempre o de definir estratégias através de alguns autoquestionamentos básicos, como, por exemplo, que tipo de público está interessado em sua marca? Onde esse público está mais concentrado nas redes sociais? Quais os objetivos e metas que a empresa pretende atingir? Qual o teto máximo de investimento em inbound marketing? Encontrando essas respostas serão grandes as chances de conseguir um planejamento concreto, engatilhado para trazer os resultados esperados.

Crie um site funcional de sua empresa

Tendo metas traçadas e bons conteúdos engatilhados, chegou a hora de pensar no site de sua marca. É importante ter um domínio próprio, com um nome condizente com o conteúdo; a importância disso se dá por duas razões: com uma URL limpa o usuário se sentirá mais seguro para acessar, e, por outro lado, a página terá uma otimização “automática e contínua” porque o link será autodescritivo e isso contará pontos no rankeamento.

Outro ponto importante é dedicar o design da página a todos os tipos de usuário, ou seja, colocar no ar uma página responsiva que atenda perfeitamente os requisitos de cada browser, sistema e dimensões de telas de todas as marcas.

Publique conteúdos para seus clientes

Criar um blog para o site é fundamental para geração de tráfego, portanto, atualize-o constantemente, sempre com muita atenção voltada para aspectos SEO. Escolha boas palavras-chave para conseguir um bom posicionamento, faça parcerias com especialistas em seu segmento, negocie com jornalistas para que eles digam o que sua empresa está fazendo, descubra quem são as pessoas mais influentes da sua rede e faça deles o alvo para a divulgação; o networking é muito importante para o engajamento!

Mobilize-se e marque presença nas redes sociais para chegar ao seu público de maneira conveniente, levando em conta, sempre, as características de cada rede. Isto é, postar numa determinada frequência, entender o tempo de vida útil de uma publicação, meios de prestar serviços através dessas mídias, entre outros.

Entenda, acima de tudo, que a partir de agora você estabelecerá uma relação com seu cliente. Estimule para que ele comente e interaja a cada postagem, isso é muito importante para conhecer seu público, saber se o conteúdo está sendo relevante como esperado, se eles têm alguma crítica, etc.

Contrate uma agência de marketing

Se a sua empresa não conta com profissionais especializados, talvez seja hora contar com uma agência de marketing para delegar a ela a garantia de que sua empresa terá presença online de maneira estável.

 

Sem comentários

Deixar uma resposta